Sobre nós

Abá significa “gente” na língua indígena Tupi-Guarani.

A associação Abá tem o objetivo contribuir para a inclusão, o trabalho educacional, a compreensão internacional e a cooperação na Alemanha e na Europa, e realizar e apoiar projetos sociais no Brasil.

Organizamos ações e eventos na Alemanha e desenvolvemos projetos sociais no Brasil.

Entre as áreas temáticas, que abrangem nosso trabalh dentro dos Direitos Humanos, estão justiça global, participação das minorias, direito das mulheres, comércio justo e a inclusão.

Palestra do cacique Ládio Veron no Museu das Culturas Mundiais em Frankfurt.

A Abá e.V. está sediada em Frankfurt e foi fundada oficialmente em 2017 por brasileira(os) e alemães. A associação se originou de um movimento em Frankfurt em 2016, cujos participantes se posicionaram contra o curso político do país através de comícios e palestras diversas.

Entre as ações da associação, também em cooperação com outras organizações, ativistas e iniciativas, estão, a apresentação do cacique indígena Guarani-Kaiowás Ládio Veron dos Guarani-Kaiowás em cooperação com o Museu Weltkulturen, a vigília e instalação de arte sobre os assassinatos de indígenas, negros, e ativistas, bem como a manifestação das mulheres brasileiras do “Ele não”.

Demonstração das mulheres no Protesto “Ele Não” em Frankfurt.

A Abá desenvolve o conceito de “Inclusão através do engajamento político”, no qual as mulheres, podem se preparar politicamente e se engajar ativamente em ações.

Café Político das Mulheres em Frankfut.

Projetos e ações

Apoiamos os povos indígenas em projetos que realizamos localmente no Brasil. Além disso, realizamos ações preservar a cultura ameaçada da população indígena para as gerações futuras. Por exemplo, com o apoio da Aliança do Clima, ajudamos na montagem de pequenos estúdios de gravação nas aldeias dos Guarani-Kaiowás e Guarani-Mbyas para os rappers indígenas Bros MC e Wera Mc, nos quais músicas tradicionais e modernas indígensa podem ser gravadas.

Estúdio de gravação dos Bros Mcs na Casa dos Ventos, em Dourados, Mato Grosso do Sul – povo Guarani e Kaiowás.
Instalação do estúdio de Wera Mc na aldeia Guarani Pyau, em São Paulo – povo Guarani Mbya

Diretoria da Associação

Adriana Maximino dos Santos

Maria Auxiliadora Andrade da Silva

Claudia Biner

Mareike Wiegels